O que é a Comissão de Ciência da Comunhão Anglicana?

A Comissão de Ciência da Comunhão Anglicana foi lançada formalmente na Conferência de Lambeth dos Bispos Anglicanos em 2022. Seu propósito é celebrar a ciência como um recurso dado por Deus e apoiar as comunidades de fé e ciência que trabalham juntas para o bem-estar das pessoas e do planeta.

Ela auxilia a discussão anglicana sobre fé e ciência, equipando as igrejas para colaborar com a comunidade científica em resposta às necessidades humanas e trazendo a voz ética da fé para a descoberta científica.

Desde o seu lançamento, a Comissão de Ciência da Comunhão Anglicana tem trabalhado para identificar representantes de cada Província da Comunhão Anglicana para participar na comissão e garantir financiamento para apoiar o seu trabalho e visão nos próximos anos.

O Reverendo Professor Kwamena Sagoe, Co-Presidente da Comissão de Ciência e Chefe de Virologia do Departamento de Microbiologia Médica da Universidade de Gana, acredita que as igrejas desempenham um papel crucial. Ele disse: “As igrejas estão no coração de suas comunidades. Em todo o mundo, muitas igrejas desempenham regularmente um papel importante como ‘comunicadores científicos’ na vida comunitária – por exemplo, em relação a questões de resposta à pandemia, crise climática e outros problemas.”

O professor Andrew Briggs é membro da Comissão de Ciência e professor de Nanomateriais na Universidade de Oxford. Falando sobre a visão para a comissão, ele espera que isso abra o caminho para que “a Comunhão Anglicana mundial dê uma liderança intelectual corajosa e confiante envolvendo a ciência. Conseguirá isso ao abraçar a ciência como um recurso dado por Deus para a vida de fé e o trabalho da igreja, e oferecendo a sabedoria da fé e a voz da igreja ao impacto da ciência e das tecnologias que surgem da ciência.”

A Comissão de Ciência está trabalhando para criar uma rede global de anglicanos apaixonados por ciência e fé, com foco nas seguintes prioridades:

  • Liderança intelectual e treinamento: Inspirar um pensamento corajoso e confiante sobre questões envolvendo ciência nas comunidades eclesiásticas ao redor do mundo.
  • Desenvolvimento da fé: Aceitar a ciência como um recurso dado por Deus que pode melhorar a fé e a apreciação do mundo maravilhoso de Deus.
  • Sabedoria e Ética: Contribuir com a voz ética e a sabedoria da fé ao debate científico.
  • Pessoas e Planeta: Crescer a colaboração entre as comunidades de fé e ciência em resposta às necessidades das pessoas e do planeta.

Em uma conversa da Conferência de Lambeth com o Arcebispo de Cantuária, Justin Welby, intitulada “Falando sobre Fé e Ciência: Por que a Igreja deveria se importar com a ciência?” (Parte 1), o Arcebispo Justin disse: “É o avanço científico que tirou tantas pessoas da pobreza. É o avanço científico que permitiu que o mundo se alimentasse. É a ciência disseminada que nos permitiu produzir vacinas em uma velocidade que até cinco anos atrás, um ano atrás, teria sido considerada inimaginável. É a ciência que começou a nos dar uma visão ampla do nosso lugar no mundo. É a ciência que impulsionou nossa consciência do perigo para o mundo das mudanças climáticas e o que podemos fazer a respeito no futuro. Em todas essas coisas, a ciência tem sido um presente para os seres humanos.”

Informações de Suporte:

Este artigo faz parte da nossa série mais ampla “Ciência e Fé”, destacando o trabalho da Comissão de Ciência da Comunhão Anglicana e o Chamado de Lambeth sobre Ciência e Fé.
Inscreva-se agora para nossos webinars de julho sobre os temas de Ciência e Fé aqui.

Anunciando: 'Ciência e Fé'.
Em seguida na Fase 3 da Conferência de Lambeth

Os webinários realizar-se-ão na quarta-feira, 3 de julho, das 17h30 às 19h00 UTC+1 (hora de verão britânica) e serão repetidos na quinta-feira, 4 de julho, das 09h30 às 11h00 UTC+1 (BST).

open to all:
the Phase 3 webinars